Whatsapp Eunápolis: (73) 98184-3002 - Porto Seguro: (73) 98102-5466     -       Telefone Matriz Eunápolis: (73) 3281.3649     -       Email labcenterlaboratorio@uol.com.br
O sal prejudica a eliminação de líquidos e o inchaço do corpo | LABCENTER Laboratório I Eunápolis e Porto Seguro

O sal prejudica a eliminação de líquidos e o inchaço do corpo

Por: | Tags: | Comentários: 0 | 7 de março de 2017

A maior parte da composição do corpo humano é de água, não é à toa que é tão importante tomar bastante líquido e manter-se hidratado. Entretanto, alguns hábitos podem levar à desidratação, inchaço e até o ganho de peso pela variação do líquido corporal.

A água pode entrar no organismo por meio da ingestão de líquidos, da ingestão de alimentos sólidos e pela produção endógena (produção no próprio organismo).

Para se ganhar ou perder 1 kg de peso corporal é necessário ingerir a mais ou a menos cerca de 7 mil kcal, porém quando ganhamos ou perdemos de um dia para outro de 2 a 3 kg, o responsável por essa variação foi o líquido do corpo.

A regulação do peso líquido corporal é feita por alguns hormônios, como a insulina, que impede a perda de sódio, a aldosterona, que promove a reabsorção de sódio, e o hormônio antidiurético, principal responsável pelo equilíbrio do peso líquido.

Algumas situações e hábitos podem contribuir para a variação do peso corporal:

Dieta – As dietas, principalmente as restritivas, diminuem bastante a quantidade de sal da alimentação e a consequência para o corpo é a seguinte: menos sal para ser diluído, mais líquido virando urina. Mais líquido perdido, menos peso na balança, por isso que os dois primeiros quilos perdidos estão relacionados ao líquido e não à gordura.

A mesma coisa acontece ao contrário. Em um final de semana em que se comeu muito, o sal fica concentrado e o sistema nervoso central ativa o hormônio antidiurético, que entra em ação inibindo a urina, retendo líquido e elevando o peso. Por isso, na segunda-feira, quando a balança marcou 2 kg a mais, não se assuste, é água!

A dica para saber se engordou gordura ou líquido é a velocidade: se a perda ou o ganho de peso aconteceu em um curto espaço de tempo, de 1 a 3 dias, é líquido. Para não aumentar o peso tão rápido, a dica é tomar bastante líquido, mesmo que não sinta sede.

Período pré-menstrual – A oscilação dos hormônios femininos também ativa o hormônio antidiurético.

Calor – Ocorre a vasodilatação para reduzir a temperatura corporal. O líquido sai do espaço intravascular para o extravascular, por isso é comum nesses dias, ocorrer o inchaço nas pernas.

Desidratação – O organismo perde líquido, principalmente, pelo suor e pela urina. As fezes e a respiração também contribuem, mas em quantidade muito menor. Após uma atividade intensa, a perda é muito mais rápida e para não ter nenhum problema de desidratação, as dicas são: vá hidratado. Como saber? Fique de olho na urina, se estiver clarinha, está tudo certo. Tome bastante líquidos durante e logo após o término da atividade física, mesmo que não tenha sede. Sintomas como tontura, fraqueza e mal-estar podem ser sinais de desidratação.

Fonte: g1.com.br/BemEstar

Site desenvolvido pela Trupe Propaganda